quinta-feira, 21 de julho de 2011

Ice


Quando o coração acelera e acontecem todas as reações visíveis, nosso corpo fala.
Quando a pele ruborece e o corpo aquece, os olhos falam.
Quando os olhos brilham tanto que a capacidade de observação real nos é tirada,
a mente deixa de falar.
Quando o desejar causa dor pela simples espera.
Quando a inquietude, o afoitamento ou formigamento que existe em suas mãos, tudo parece tão belo,
tudo parece tão colorido com tons em vermelho, rosas são as flores em que se pensa oferecer,
um vestido vermelho seria o que desejaria em alguém ver, assim como os lábios também em tom vermelho.
Tudo parece tão belo, tão único. Isto acontece por estar apaixonado.

Quando a calma, a sensação de paz e de poder flutuar é tão certa que se faz sentir como nuvem ou algodão.
Quando não existe calor, mas equilíbrio.
Quando os olhos não brilham, choram sem saber o motivo, as lágrimas parecem ser doces.
Quando o desejo é apenas cortês e admirador.
Quando tudo o que se vê, parece existir de uma forma inatingível e infinita. Nada é mais belo. As cores são brancas e azuis formando uma sintonia perfeita, onde cada detalhe de vida parece ter sentido, assim como a existência. Em vez de beleza existe deslumbramento perante a perfeição. Os lábios, olhos e pele tudo é transformado em apenas um ser como uma alma que se pode tocar. Isto é amor

Estive apaixonado por muitas vezes em minha vida, por periodos e intensidades diferentes. Quando senti apenas uma parte do que seria o amor, a paixão se tornou algo tão bobo.
..