quarta-feira, 5 de junho de 2013

Te valorizo


Estes dias refleti e intriguei sobre o amor.

Palavra tão forte, dita aos ventos por hoje, por ontem e pior pensar que por amanhã.
Cada tempo a mais é um tempo considerado menos, se pensar deste modo.

Amor é sinônimo de ardor, nada correspondido. De tanto pensar ou buscar, fica um vazio em questão.
Vazios preenchidos de formas banais ou vãs. Vazio para alguns que colocam uma película de microfilme por cima para emular algum sentimento. É em vão.

"Então me preste atenção, tente ser minha flor"
                                               (Tiê, adaptado)

Acho que seria simples se fosse deste modo. Esperar algo simples é complicado. Quanto mais simples que se espera, mais superficial se parece ser.

É isto, ser simples é sinônimo de amor, por isto a simplicidade está sendo tão buscada e forjada.

Autenticidade é apenas copiar,
Simplicidade é apenas emular,
Verdade é apenas modular,
Sentimentalidade é apenas atuar,
Até o fingir, é realidade.

De tanto não fingir, acaba sendo uma realidade distorcida. Infeliz adaptação moderna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

..