quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

You could be happy


Estas tardes que se findam nestes tons avermelhados, insistem em partir.
O contraste da escuridão que é deixada se torna mais belo do que antes o sol quente mostrava.

Todas as cores que simplesmente insistem em existir e berrar aos meus ouvidos, eu simplesmente hoje não quero ouvir você.Não sei se as cores são realmente tão reais.
Naquele lugar escuro onde apenas insistia em estar escondido, percebia que era mais eu do que poderia ser. A melodia tristonha que timbrava pelas cordas do velho violino também era real, assim como a fraca luz do castiçal insistindo em quebrar a escuridão que me deixava tão alegre. As coisas sempre vêm insistindo contra mim. Não quero mais sentir aquele cheiro que não sai do meu peito latejante. Nem mesmo sei de onde vem, mas apenas vem e me envolve como uma carícia em meu rosto.

E pelo mais curto momento, tudo não é verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

..