segunda-feira, 13 de abril de 2009

O sotaque das mineiras

"... deveria ser ilegal, imoral ou engordar. Porque, se tudo que é bom em um desses horríveis efeitos colaterais, como é que falar das mineiras ficou de fora? Porque, Deus, que sotaque! Mineira devia nascer com tarja preta avisando: ouvi-la faz mal à saúde. Se uma mineira, falando mansinho, me pedir para assinar um Contrato doando tudo que tenho, sou capaz de perguntar: só isso? Assino achando que ela me faz um favor." (Carlos Drummond de Andrade) Sempre fui ouvinte dos bons modos da terra de Minas, e de suas beldades, não tão vivido ainda, resolvi experimentar o bom lado da terra, e parti para um certo exilio da cidade. Uma cidadezinha de interior, com apenas uma rua. Mas na verdade foram extraordinários quatro dias , onde participei de um congresso , que era composto em sua maioria por mulheres de Minas Gerais, dentre todos os encantos que me levariam a passar muitas horas a mais descrevendo aqui, me conformo com o simples mas incrivel Drumond e sua expressão, não tem nada melhor que ouvir um bom dia com este sotaque manhoso! Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

..